23 de dez de 2010

Sem surpresas, Coxa anuncia Leo Gago, Eltinho, Emerson e Davi


Sem surpresas, Coxa anuncia Leo 

Gago, Eltinho, Emerson e Davi

Clube confirma mais um patrocínio para a volta da equipe à Série A

Leo Gago CoritibaLeo Gago fica até 2013 (Foto: Globoesporte.com)
O Coritiba confirmou nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, o nome de quatro reforços. Além disso, o clube anunciou mais um acordo comercial - com a empresa Ira - para a temporada 2011.
Não houve surpresas. Primeiro, a renovação de contrato com o volante Leo Gago (mais três anos). Depois, os acertos com o lateral-esquerdo Eltinho (quatro anos), do zagueiro Emerson (três anos) e do meia Davi (um ano). O trio que estava no Avaí chega com o apoio do empresário Luis Alberto, da LA Sports.
A situação de Rafinha segue encaminhada para a renovação, mas há pendências junto a CBF, que está em férias. Os dirigentes do Cori destacaram que tem mais dois reforços negociando, um deles que pode ser anunciado até amanhã.
A diretoria também anunciou que está fechando o acordo para a renovação de contrato com o meia-atacante Rafinha. Os atletas Lucas Claro, zagueiro, Djair e Dudu, meias, subiram dos Juniores para o time principal.

Maus resultados determinam queda acentuada da torcida do Vasco


Maus resultados determinam queda    acentuada da torcida do Vasco
Segundo pesquisas de Ibope e Datafolha, clube de São Januário foi o que mais perdeu torcedores no país entre 2001 e 2010
header vasco década perdida







 A pior década da história do Vasco teve reflexos expressivos na arquibancada. Depois de ter um crescimento consistente graças aos bons resultados dos anos 90, o clube passou a perder torcedores de forma progressiva e chegou a 2010 em baixa. A queda nas últimas temporadas é apontada em pesquisas Ibope e Datafolha, que mostram que o Vasco foi o time no país que mais perdeu torcedores nos últimos dez anos.
De acordo com o primeiro instituto, o Vasco passou de 5,5% para 4,1% entre 2001 e 2010. O clube que mais cresceu foi o São Paulo, tricampeão brasileiro entre 2006 a 2008, que pulou de 7% para 8,7%. No início da década, a diferença entre os dois era de apenas 0,4%. Era um período de crescimento para os vascaínos, empolgados com títulos em série (Brasileiros de 1997 e 2000, Libertadores de 1998, Torneio Rio-São Paulo de 1999 e Copa Mercosul de 2000). Hoje, a diferença é de 4,6% - número superior à própria torcida cruzmaltina.

Finalistas a Premio Bola de Ouro Da Fifa

                                        Messi(Argentina)         Xavi(Espanha)       Iniesta(Espanha)

Musa do Hóquei supera Messi em eleição de melhor do ano na Argentina


Musa do Hóquei supera Messi em 


eleição de melhor do ano na Argentina

Campeã mundial em 2010, Luciana Aymar vence o craque do Barça, que
briga pelo prêmio da Bola de Ouro, em eleição feita por jornalistas locais

Por GLOBOESPORTE.COMBuenos Aires
Luciana Aymar Argentina hóquei MundialLuciana Aymar levou a Olímpia de Ouro (Foto: EFE)
Atual melhor jogador do mundo e um dos três concorrentes na briga pelo prêmio da Bola de Ouro em 2010, Messi teve que se contentar com a segunda posição de melhor atleta do ano na Argentina. O argentino foi superado por Luciana Aymar, capitã da seleção de hóquei na grama, no Olímpia de Ouro, que é destinado ao melhor desportista do ano no país vizinho através de uma eleição  composta por jornalistas locais.
Eleita sete vezes a melhor jogadora de hóquei do mundo (antes havia levado o prêmio em 2001, 04, 05, 07, 08 e 09), Luciana, comparada a Maradona por seu talento, conduziu a seleção de seu país ao título de campeão mundial da modalidade, competição na qual ela já havia faturado em 2002. Na cerimônia, também foram homenageados grandes nomes do esporte argentino, como Juan Manuel Fangio, Emanuel Ginóbili e Diego Maradona.
Se não levou o prêmio de melhor atleta do ano na Argentina, resta a Messi o consolo de poder ser eleito pela segunda vez o melhor jogador do mundo. O jogador disputa o prêmio, que será entregue pela Fifa e pela revista "France Football" no dia 10 de janeiro de 2011, com os companheiros de Barcelona Xavi e Iniesta.
O Brasil, por sua vez, também estará representado na cerimônia do dia 10 e terá a chance de levar um prêmio. No futebol feminino, Marta, que foi a melhor do mundo nos últimos quatro anos, terá a concorrência de duas alemãs: Fatmire Bajramaj e a veterana Birgit Prinz, tricampeã em 2003, 2004 e 2005.
Entre os treinadores, a disputa também vai ficar entre três personagens. Pep Guardiola, do Barcelona, José Mourinho, do Real Madrid, mas que venceu a Liga dos Campeões, Copa da Itália e Campeonato Italiano com o Inter de Milão neste ano, e Vicente del Bosque, campeão do mundo com a Espanha, foram os indicados.
Messi lamenta derrota da Argentina para o JapãoMessi ainda poderá levar o prêmio de melhor jogador de 2010  (Foto: Reuters)