12 de jan de 2011

Ronaldihno é apresentado o Flamengo !!


Obrigado pelo carinho. Agora eu sou Mengão', grita R10 para a torcida

Ronaldinho veste pela primeira vez a camisa rubro-negra diante de um mar vermelho e preto na Gávea.




Parecia comemoração de título. Ronaldinho Gaúcho conseguiu transformar uma quarta-feira comum, uma tarde qualquer, em dia de festa memorável para os rubro-negros. Com o gramado da Gávea escondido por um mar vermelho e preto, o novo camisa 10 e falou pela primeira vez à sua nova nação. 
- Obrigado pelo carinho. Queria dizer que espero retribuir tudo isso. Vamos com tudo. Nação, estou fechado com vocês. Agora eu sou Mengão - gritou, em um palco lotado e desorganizado.
Ronaldinho falou pouco. O cantor Ivo Meireles tomou conta do microfone e ficou na frente do jogador, atrapalhando o público e as imagens de TV. A saída do astro do palco também foi tumultuada. A aparição fugaz do jogador, porém, não desanimou a torcida, que cantou o tempo inteiro.
Ronaldinho ApresentaçãoDudu Nobre, Patrícia Amorim e Ronaldinho no auge da festa: palco confuso (Foto: VIPCOMM)

De mãos dadas com a presidente Patrícia Amorim, Ronaldinho chegou ao palco às 17h20m, cercado de seguranças, após passar com muita dificuldade pela arquibancada. Depois do sufoco, abraçou o sambista Dudu Nobre, que puxou o coro de "que torcida é essa" e o famoso "vai começar a festa". No palco, Vagner Love também girava a camisa e cantava. A primeira a falar foi Patrícia Amorim, visivelmente emocionada.
- Obrigado, nação rubro-negra. Não tenho nada para falar,  a festa é dele - disse a dirigente, pouco antes de colocar a mão no coração do jogador, tentando medir a euforia do astro.
festa da torcida do Flamengo para RonaldinhoTorcida do flamengo
Foram mais de quatro horas de êxtase na sede. Segundo estimativas da polícia, havia 20 mil torcedores no local. O clube foi aberto ao público às 14h, e houve momentos de tensão. Pouco antes das 15h, um dos portões próximos ao gramado foi derrubado por torcedores que forçavam a entrada. A imagem da TV mostra quatro policiais e três seguranças do clube tentando segurar a porta, sem êxito.
Apesar do incidente, o clima continuou festivo. O cantor Ivo Meireles comandou a massa e pediu uma ola "para o mundo inteiro ver a força da torcida do Flamengo". Foi prontamente atendido. 
Do alto de um prédio ao lado do clube, um torcedor resolveu abrir uma bandeira do Vasco. A vaia foi imediata, com gritos de "segunda divisão".
Os que temiam chuva viram um fim de tarde ensolarado, aquecendo ainda mais o clima. Por volta das 17h ainda havia gente entrando no clube, com complicações no trânsito do entorno da Gávea.
Vagner Love, que deixou o Flamengo no meio da temporada passada, foi prestigiar a festa. O atacante do CSKA ouviu o de sempre: torcedores pedindo seu retorno.
- Queria estar aí jogando com o meu padrinho (Ronaldinho). Não sei quando vai ser. Espero que um dia aconteça - respondeu o jogador, em entrevista ao Sportv.

Nenhum comentário:

Postar um comentário